Risco de ressaca e ondas fortes no Brasil e problemas no mundo

Risco de ressaca  e ondas fortes no Brasil  e problemas no mundo

Risco de ressaca  e ondas fortes no Brasil  e problemas no mundo

( cópia da carta de 01 de julho  de 2016   Jucelino Luz  )

Um novo ciclone extratropical  irá se  formar no dia  06 de julho de 2016 , no litoral entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai.  O centro de baixa pressão deste ciclone extratropical ficará mais intenso, com pressão mais baixa a partir do dia 7 de julho  de 2016, mas esta intensificação ocorrerá  em alto-mar, numa área oceânica afastada do continente. ( poderemos ter queda de temperatura no Sul do país ( com ventos fortes e chuvas fortes ) , e   também chuvas fortes na  Argentina ,Bolívia, Chile, , Paraguai, Peru , Uruguai   entre 06  a  19  de julho  de 2016 ,)

ressaca(1)

A formação deste ciclone irá  causar uma forte agitação marítima que começará  a ser sentida no litoral da Região Sul  no dia  06 ., A agitação chega no dia ao litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro no dia 7 de julho de 2016   e também em 2017 , irá  fazer  o mar subir rapidamente no decorrer do dia. No litoral da Região Sul, o mar ficará  muito agitado no dia 7 de julho, com ondas em torno dos 2,5 metros, mas há risco de ressaca entre o litoral norte do Rio Grande do Sul e o litoral sul de Santa Catarina, onde as ondas podem alcançar de 3.0  a 3,5 metros.

ressaca(4)

O pico da agitação na Região Sudeste ocorrerá  no dia 8 de julho  de 2016 . As ondas podem chegar aos 3,0 metros no litoral sul de São Paulo e na Baixada Santista. Durante a noite, ondas de até 2,5  metros podem ocorrer no litoral sul do Espírito Santo.  A agitação será mais intensa no dia 8 de julho de 2016 no litoral no norte de São Paulo, com risco de ressaca e ondas de até 3,5 metros. No Rio de Janeiro também há risco de ressaca com ondas de até 3,0  metros. A agitação marítima diminuirá  no decorrer do dia 9 de julho no Sul e no Sudeste.

Teremos também  o  furacão Blas, o primeiro da temporada do Pacífico, se formará  no dia  04 de  julho de 2016,   a mais de 1.000 km da costa oeste do México e, embora deverá  ganhar força, possivelmente , não  vai  alcançar  terra firme,  o Blas – que se enquadra na categoria  2  das 5 da escala Saffir-Simpson – registrará  ventos de mais  de 200 kms  e se encontrará  1.190 km da península mexicana de Baixa Califórnia (noroeste).

Cartaz

A temporada de furacões no Pacífico começou em maio  de 2016   passado e deverá  se prolongar até novembro de 2016

Um homem-bomba indonésio  atacará  uma delegacia de polícia na cidade de Solo, na Indonésia, no dia 05 de julho de 2016  , podendo matar  a si mesmo e poderá ferir  um policial,. E poderemos ter outros atentados ainda este mês em Jacarta , Sumatra  e em outras localidades da Indonésia .

Uma forte tempestade com várias trombas d’água  vai castigar  entre 02 a  03 de julho  de 2016 ,  a  Playa Caimito, ao sul da província ocidental cubana de Mayabeque, possivelmente, poderá vitimar  40  pessoas e possivelmente  desabamentos  de mais de 30  imóveis. As ondas serão  entre 5  a 6 metros de altura   e teremos trombas d´água  que provocará vários desabamentos naquele país ,

ressaca(6)

Na Tailândia , possivelmente,  a Empresa famosa Toyota poderá dispensar mais de 800  empregados e abrir caminho para as demissões voluntarias por problemas econômicos  naquele país , a partir do dia 13 de julho  de 2016 , a Tailândia , começará  uma fase difícil  economicamente ,que inspira um sinal claro para a crise econômica  da Ásia em 2022.

Mário Ronco Filho  – Jornalista  ( repórter )

 

4 comments on “Risco de ressaca e ondas fortes no Brasil e problemas no mundo
  1. Mércia M Vieira Alves disse:

    Onde compra o livro premonições ?

  2. Neiva disse:

    Boa noite..o q acontece com.minha família.. desunião. Falta de respeito..está difícil entender e lidar com a situação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *